Pular para o conteúdo principal

As 30 expressões gaúchas mais populares e seus significados

O vocabulário gaúcho é uma rica mistura de influências indígenas, africanas e europeias que se desenvolveu ao longo dos séculos no estado do Rio Grande do Sul e em outras regiões do Sul do Brasil. Essa linguagem típica da região é bastante peculiar, repleta de expressões e gírias que não são comuns em outras partes do país. Através do vocabulário gaúcho, é possível entender melhor a cultura e a história dos gaúchos, que se orgulham de suas tradições e costumes. Além disso, a linguagem gaúcha é uma forma de identidade e conexão entre os próprios gaúchos, que utilizam essas expressões no seu dia a dia, seja em conversas informais ou em eventos e festividades regionais. Conhecer o vocabulário gaúcho é, portanto, uma oportunidade de mergulhar na cultura desse estado e descobrir um pouco mais sobre sua rica história e tradições.

Listamos abaixo as 30 expressões gaúchas mais populares e seus significados:

Bagual: homem valente e corajoso.
Bagunceiro: pessoa que gosta de fazer bagunça.
Barbaridade: expressão usada para demonstrar surpresa ou espanto.
Bater perna: andar sem rumo ou objetivo.
Bochincho: festa ou reunião de amigos.
Bugio: pessoa bagunceira.
Cair os butiá do bolso: gastar dinheiro de forma desenfreada.
Carpir: lamentar ou chorar a morte de alguém.
Dar um trato: arrumar ou consertar algo.
Deu a louca: algo saiu do controle ou ficou fora do normal.
Fandango: festa ou comemoração.
Guri: menino ou jovem.
Guria: menina ou jovem.
Largar de mão: desistir ou abandonar algo.
Levar um passa fora: ser rejeitado por alguém.
Meter a mão na massa: trabalhar duro ou colocar a mão na massa.
Meter o bedelho: intrometer-se ou dar palpite em algo que não é da sua conta.
Paitoco: tolo ou bobo.
Passear o cachorro: enrolar ou procrastinar uma tarefa.
Pelado: sem dinheiro ou pobre.
Pila: dinheiro.
Pilcha: roupa típica gaúcha.
Pinote: fugir rapidamente ou com pressa.
Quebrar o galho: ajudar alguém em uma situação difícil.
Rabo de saia: homem que é dominado ou controlado pela esposa ou namorada.
Só zoeira: brincadeira ou piada.
Tá saindo faísca: estar com raiva ou irritado.
Vamo que vamo: vamos lá ou vamos embora.
Xirú: amigo ou camarada.
Zuar: brincar ou fazer graça.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Automatize seu IR de Fundos Imobiliários e Ações com o app Grana Capital

O aplicativo Grana Capital , desenvolvido em parceria com a B3, tem como objetivo facilitar o Imposto de Renda dos investimentos na Bolsa de Valores. Ele oferece duas funcionalidades principais: uma para a declaração anual do IRPF e outra para a apuração, cálculo e pagamento do IR mensal. Quer 50 reais de desconto no plano anual do app Grana? Utilize o cupom de desconto:  FER35178 Para a declaração anual , o Grana disponibiliza um Relatório de Apoio à Declaração, que consolida os dados de todas as corretoras automaticamente, permitindo que o usuário preencha sua declaração em minutos. Para a apuração, cálculo e pagamento do IR mensal, o Grana consulta os dados do usuário diretamente na B3 e calcula se há IR a pagar no mês. Se houver, o usuário pode pagar o IR pelo próprio aplicativo, utilizando boleto, Pix ou cartão de crédito, e recebe o comprovante de pagamento por e-mail. O Grana também calcula a compensação de prejuízo e as isenções legais, eliminando a necessidade de emitir DARF,

Sotaque Gaúcho e o Gauchês

Gaúcho tem sotaque? Mas bem capaz.. Poucos assumem que tem sotaque, eu sou um, sempre defendi a idéia de que os gaúchos da fronteira são os que tem o sotaque mais neutro, afinal "gente", tem "e" no final, e não "i", como as pessoas das grandes cidades, que falam "genti". Bom discussões a parte, afinal regionalismos acontecem em quase todos os países. Encontrei este vídeo no Youtube. Concordo com a tia que diz: "Quem tem sotaque não sabe, quem sabe é quem escuta." hehe Para completar, segue algumas palavras do gauchês, o idioma dos gaúchos que herda muitas palavras do castelhano: Abichornado: Aborrecido, triste, desanimado. Abrir cancha: Abrir espaço para alguém passar. A cabresto: Conduzido pelo cabresto; submetido. Achego: Amparo, encosto, proteção. Acolherar: Unir dois animais por meio de uma pequena guasca amarrada ao pescoço; Unir, juntar, com relação a pessoas. Afeitar: Cortar a barba. Água-Benta: Cachaça, destinad